Curso de Esperanto de Verão

Virtualmente, de 18 à 26 de Julho de 2020

Ensino

O ensino do Esperanto será guiado por instrutores de Esperanto experientes, que possuem abundantes experiências internacionais.

Instrutores

Para mais detalhes sobre os significados dos níveis, veja na página edukado.net ou no Wikipedia.

Marion Quenut
Marion Quenut
França
Nível A2
Christophe Chazarein
Christophe Chazarein
França
Nível A2
Arina Osipova
Arina Osipova
Rússia
Nível B1
Szabolcs Szilva
Szabolcs Szilva
Hungria
Nível B2
Tim Morley
Tim Morley
Reino Unido
Nível B2
Konstantin Tikhomirov
Konstantin Tikhomirov
Rússia/Polónia
Nível C1

Literatura e Cultura Esperantista

Por meio do Esperanto há a possibilidade não só de amar e discutir, fazer reunião e esquecer o acusativo, mas também escrever textos literários. Desde o tempo de Zamenhof, já existem poemas, romances, novelas e etc até textos musicais - uma variedade de literaturas. Venha ao nosso curso e você terá mais informação sobre a literatura em Esperanto e nós te mostraremos escrver um ótimo (ou péssimo) poema!

Dependendo dos participantes e seus interesses, nós iremos discutir sobre diversos assuntos, como por exemplo:

Oleg Ĉajka
Oleg Ĉajka (Oĉjo)
Rússia/Ucrânia

Oleg Ĉajka, conhecido também como Oĉjo ("Otchio"), é um esperantista russo e ucraniano: poeta, cantor, tradutor e professor. Ele nasceu em 1973, e mora em Moscou desde 1995. Ele aprendeu Esperanto autodidata em 1987. Em 1989 ele começou a escrever e traduzir poemas e canções. Seus escritos apareceram em diversas revistas publicações em esperanto. Ele foi premiado em diversos festivais de arte EoLA.

Ele ensinou Esperanto e participou na organização de muitos encontros Esperantistas. Ele foi ativo no SEJM, REJM e na TEJO. Ele é atuante no Clube Jovem de Moscou, EK MASI, desde de quando foi fundanda em 1995.

Desde 2006 ele é chef em Moscou de uma empresa com o nome em esperanto "Kontakto" (Contato), a qual ele fundou. Desde 2007 ele comanda com Arina Osipova a empresa de tradução “Lingvo Connect” em Moscou.

Curso de tradução de e para o Esperanto

Experiências de um tradutor nativo

Oleg Ĉajka
Mikaelo Bronŝtejn
Rússia

Olá, eu sou Mikaelo Bronŝtejn de Tikhvin, Rússia.

Sim, claro, as circunstâncias da minha vida me fizeram começar a traduzir desde meu nascimento. Isso é possível? Venha ao meu curso e descubra.

Fui crescendo e tive coragem de pegar diversas tarefas de tradução, escolhendo entre muitas propostas apenas as que mais eu me interessava. Então, além das informações que mencionei acima, você receberá outras, por exemplo: a diferença de tradução do coreano para o hebraico, como traduzir "caça-palavras" e como você não deve traduzir canções... De forma curta, eu tentarei que você não fique entediado durante o curso.